/Content/app/js/plugins/google-maps/css/google-maps.css
X

Escolher Idioma

PT EN DE
en
X

Escolher Idioma

PT EN DE

 

 

Designação do projeto | INOVAÇÃO PRODUTIVA

Código do projeto | POCI-02-0853-FEDER-011914

Objetivo principal | OT 3 - Reforçar a competitividade das PME

Região de Intervenção | Centro – Marinha Grande

Entidade beneficiária | MOLDOESTE-INDUSTRIA DE MOLDES, S.A.

 

Data de aprovação | 2016-02-24

Data de início | 2015-09-10

Data de conclusão | 2017-09-07

Custo total elegível | 3.937.000,00 €

Apoio FEDER | 1.968.500 €

 

Descrição (objetivos, atividades, resultados):

“Novas tecnologias para conceção de moldes e ferramentas para peças de grande rigor dimensional”

O plano de investimentos apresentado neste projeto, através da aquisição de nova tecnologia (softwares e equipamentos), representa uma capacitação da Moldoeste para a produção de novos moldes, com maior rigor, fiabilidade, desempenho e características técnicas altamente diferenciadoras e de elevado valor acrescentado face à concorrência no que respeita sobretudo à sua tolerância dimensional.

Desta forma será possível a abordagem a novos mercados (fabricantes de dispositivos e consumíveis médico-cirúrgicos, componentes eletrónicos, tampas e pulverizadores para perfumaria e cosmética). Ao mesmo tempo, possibilitará à empresa a exploração de novos segmentos do mercado dentro do setor automóvel, nomeadamente no que respeita à fabricação de carros elétricos, com grandes exigências no que respeita ao desenvolvimento de peças que permitam maior insonorização, conseguida à custa da bi-injeção com plástico e borracha para aumentar o isolamento acústico, e de um ajuste perfeito das peças.

Para além disso, fomentará um aumento da produtividade e da competitividade da empresa, assegurando o posicionamento da mesma na vanguarda da inovação em moldes cada vez mais exigentes, os quais gerarão um grande impacto no reconhecimento e no prestígio da empresa junto dos seus clientes e de potenciais novos clientes.

Deste modo, o projeto destina-se à introdução de novos equipamentos tecnologicamente avançados e de vanguarda para aumentar de forma significativa o nível de produção da empresa, no que respeita a moldes de grande valor acrescentado e indutores de diferenciação, alavancando a entrada da Moldoeste em setores altamente exigentes e competitivos, reforçando a presença internacional da empresa e promovendo a diversificação de produtos, mercados e clientes.

 

 


 

 

Designação do projeto | INOVAÇÃO PRODUTIVA

Código do projeto | POCI-02-0853-FEDER-00681

Objetivo principal | OT 3 - Reforçar a competitividade das PME

Região de Intervenção | Centro – Marinha Grande

Entidade beneficiária | MOLDOESTE II - INDÚSTRIA DE PLÁSTICOS LDA

 

Data de aprovação | 2015-07-10

Data de início | 2015-05-16

Data de conclusão | 2017-04-28

Custo total elegível | 3.158.000,00 €

Apoio FEDER | 1.579.000 €

 

Descrição (objetivos, atividades, resultados):

“Nova Fábrica Moldoeste II”

Este projeto pretende o desenvolvimento de uma nova unidade produtiva, com um processo tecnologicamente avançado e com introdução de equipamento produtivo de ponta. Este conjunto de investimentos prevê ainda obras de melhoria das condições do edifício de acolhimento da nova fábrica bem como equipamento produtivo inovador, mais eficiente, que visa a capacitação para a produção de novos e melhores produtos.

O projeto prevê a “adoção de novos ou significativamente melhorados, processos ou métodos de fabrico,” pela Moldoeste II e contribui para o objetivo do “reforço da capacitação empresarial das PME para o desenvolvimento de bens e serviços, através do investimento empresarial em atividades inovadoras e qualificadas que contribuam para a sua progressão na cadeia de valor”.

As tipologias de inovação associadas ao projeto apresentado são Inovação de Processo, Inovação de Produto, Inovação Organizacional e Inovação de Marketing. A introdução deste conjunto de inovações está relacionada com os investimentos previstos em novos equipamentos que permitirão um processo significativamente melhorado, com a capacitação para a produção de novos produtos, com a implementação de um sistema de gestão da produção e um software de apoio ao comércio eletrónico.